CAMPANHA “FIQUE SABENDO”

  

O FiqueSabendo 

 

é um movimento de mobilização

da sociedade em favor

do diagnóstico de HIV.

 

O seu principal objetivo

é incentivar a população

a realizar, de forma consciente

e espontânea, o teste de aids.

   
VICE-GOVERNADORA DA PARAÍBA VESTE A CAMISA DO FIQUE SABENDO NO ENCONTRO CIDADÃS POSITHIVAS (http://www.aids.gov.br/fiquesabendo/noticias1.asp?not=144)
 
Secretário de Estado da Saúde da PB, Dr. Joácio Morais, participa do lançamento da Campanha  "Fique Sabendo", na Paraíba, em 22/10/2003
Importância do Teste

Estimativas do Ministério da Saúde indicam que existem hoje no Brasil cerca de 600 mil pessoas vivendo com o HIV. Dessa, 400 mil não sabe, de sua condição sorológica. Portanto, do ponto de vista epidemiológico, o diagnóstico é fundamental para o controle da epidemia de aids. Mas, não é só isso:

O diagnóstico precoce é muito importante para a realização de um tratamento que:  

1)  garanta a qualidade de vida da pessoa infectada;  

            O diagnóstico também pode fazer a diferença na gravidez. Mães soropositivas podem: 

2)  aumentar suas chances de terem filhos sem o HIV, se forem orientadas corretamente e seguirem o tratamento recomendado durante o pré-natal, parto e puerpério.  

O teste e o tratamento são gratuitos. Além disso, quem realiza o teste em um CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento) conta com apoio e orientação psicológica antes e depois do resultado.

 Quando Fazer

O teste de aids não deve ser feito de forma indiscriminada e a todo momento. A pessoa deve ter se exposto a uma possibilidade de infecção. O aconselhável é que quem tenha passado por uma situação de risco, há mais de 3 meses, faça o exame de aids. Após esse período, o sistema imunológico já terá produzido anticorpos em quantidade suficiente para serem detectados pelo teste. 

Sintomas da aids

A aids não se manisfesta da mesma forma em todas as pessoas, depende de cada organismo, além disso, os sintomas podem demorar até dez anos para aparecer. Então, não adianta ficar esperando por um "sintoma da aids" para fazer o teste. Nesse caso, o melhor mesmo é você ficar sabendo se tem ou não o HIV e não abrir mão da camisinha e nem compartilhar agulhas e seringas.

Situações de risco

O HIV pode ser transmitido:

• Por relações sexuais desprotegidas (sem o uso do preservativo), anais, vaginais e orais;
• Pelo compartilhamento de agulhas e seringas contaminadas;
• Por transfusão de sangue infectado;
• De mãe para filho, inclusive pela amamentação.

Mas é bom lembrar que o HIV não é transmitido pelo beijo, toque, abraço, aperto de mão, compartilhamento de toalhas, talheres, pratos, suor ou lágrimas.

Portanto, toda pessoa soropositiva pode e deve receber muito carinho e atenção!

Onde fazer

O teste de aids pode ser feito em laboratórios particulares, em alguns postos de saúde e nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA).

 

CAMPINA GRANDE

CENTRO DE TESTAGEM E ACONSELHAMENTO DE CAMPINA GRANDE
RUA BASÍLIO ARAÚJO, 717CATOLÉ
CEP: 58104-693
Telefone : 83  337-1327

JOÃO PESSOA

CTA JOÃO PESSOA
AVENIDA CAMILO DE HOLANDA, 902 -TORRE
CEP: 58013-000
Telefone : 83  218-5857

JOÃO PESSOA

COORDENAÇÃO MUNICIPAL DE DST/AIDS
RUA RIO GRANDE DO SUL, 1295 -BAIRRO DOS ESTADOS
CEP: 58020-030
Telefone : 83  244-4308


Para Profissionais de Saúde

O papel do profissional de saúde é cada vez mais importante no controle da epidemia da aids no Brasil. É dele, na maioria das vezes, a responsabilidade de saber se deve ou não pedir o exame da aids para seu paciente, e, com isso, evitar que muitas transmissões involuntárias aconteçam.

Por isso, se você é profissional de saúde, peça sempre o exame de aids para pessoas que passaram por alguma situação de risco e para toda gestante em pré-natal ou que está em trabalho de parto e não fez nenhum exame durante a gravidez.

Telefones dos CTA/COAS do Estado da Paraíba

INFORME-SE  

COAS-PB: (83) 218-5859

COAS-João Pessoa: (83) 244-4308

COAS-Campina Grande: (83) 337-1327

“ Conheça os Serviços em HIV/aids do Estado da Paraíba ”